Quem Foi Jesus Cristo?

Compartilhe:

Inacreditavelmente ainda há pessoas que não sabem quem foi Jesus, O maior homem de todos os tempos, Homem e Deus, a face da verdade, o homem que mudou a vida da humanidade, que trouxe os ensinamentos Divinos e nos concedeu o poder de falar diretamente com Deus, Aquele que é Pai, Filho e Espírito Santo, Jesus Cristo veio para salvar toda a humanidade, exemplo de amor, amou de tal forma que deu sua própria vida para a salvação de todos que Nele creram, Filho de Deus Pai, Jesus Cristo fez milagres jamais vistos, concedeu a visão á cegos, os movimentos aos deficientes, a cura de todos os enfermos e a vida aos mortos, nos deixou um conhecimento jamais visto, nos instruiu e nos apontou a direção certa, nos mostrou a força da fé, nos provou que Deus é o Pai da Vida e não da morte e que a morte não é o fim, apenas a passagem para a vida eterna, revelou-nos que há moradas na casa de Deus para cada um de nós, Jesus Cristo que nasceu da forma mais humilde possível, já predestinado a Morte, homem que fez somente o bem, que sarou a todos, que acalmou os corações aflitos e nos proporcionou conhecer aquele que tudo criou, Deus criador do Céu e da Terra.

transformação vinho

Jesus até seus 30 anos trabalhou com seu Pai José no ramo da marcenaria, mas desde sua tenra idade já era percebida por sua mãe, seu pai e todos aqueles que estavam a sua volta sua tamanha sabedoria, a transformação da água em vinho, foi o inicio de uma vida de milagres em prol da humanidade, sua sabedoria já era conhecida por todos e os sacerdotes da sua época ficavam pasmados com tamanho conhecimento que Ele possuía, um menino que conhecida muito mais de Deus que todos eles juntos, e por varias vezes Jesus os contestava de tal maneira que nenhum deles tinham argumentos o suficientes para dizerem o contrário, certo dia quando Jesus ensinava na sinagoga foi lhe entregue o livro do profeta Isaías para ler, e escolheu a passagem onde está escrito: “O Espírito do Senhor esta sobre mim porque me ungiu e enviou-me para anunciar a boa nova aos pobres, para sarar os contritos do coração, para anunciar aos cativos a redenção, aos cegos a restauração da vista, para por em liberdade os cativos, para publicar o ano da graça do Senhor.” E enrolando o livro deu-o ao ministro e sentou-se; todos quanto estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. Ele começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esse oráculo que vós acabais de ouvir. (Lucas 4, 17-21) logo após essas palavras também acrescentou que nenhum profeta é bem aceito em sua própria pátria, falou um pouco sobre Elias que foi falar com apenas uma viúva de tantas outras que havia naquela época, também falou sobre os leprosos e disse que apenas um havia sido limpo: Naamã. E a essas palavras encheram-se todos de cólera na sinagoga, levantaram-se e o lançaram-no fora da cidade, o levaram no alto de um monte e o queriam precipitá-lo dali abaixo, Ele, porem passou entre eles e retirou-se.

lendo o oráculo

Percebemos que Jesus de tal maneira que acumulava amigos também enchia-se de inimigos que o acusavam de blasfêmia, de ser um revolucionário que queria destruir o sistema da época, foi visto como bandido, como mentiroso e fingidor, mas nada que dizem contra si, lhe tirou do caminho que havia sido preparado para Ele, andava de cidade em cidade ensinando, evangelizando, fazendo milagres e amando a todos, atraia sempre grande multidão á seus discursos, o que despertou o ódio de políticos de sua época que acreditavam que Jesus queria ocupar um lugar na política, causando rebelião e contrariando tudo o que haviam feito até então, Jesus nunca se intimidou perante as acusações, nos lugares onde não era bem vindo, apenas virava-se e deixava o lugar, deixando para trás até a poeira de suas sandálias, não obrigava ninguém a ouvi-lo, era homem de paz e sempre a procurou, quando percebia que enfrentaria uma rebelião, que o povo já não o queria mais em alguma cidade, apenas se afastava e assim vez por todos os lugares por onde andou, calava-se diante de acusações e seguia o seu caminho.

12 apostolos

Diante de toda a multidão, Jesus escolheu seus apóstolos, aqueles que iriam pregar a palavra de Deus, Aqueles que continuariam a missão, Aqueles que teriam poder para curar como Jesus curava, de fazer milagres assim como Jesus fazia e até mesmo ressuscitar, Escolheu doze dentre todos para permanecerem em sua companhia, Ele os enviaria a pregar com o poder de expulsar os demônios, por todos os lugares onde andou Jesus era acompanhado por seus apóstolos os ensinando, os mostrando os desígnios de Deus, lhes fazendo compreender as suas parábolas, lhes revelando o poder de Deus, assim como que certo dia foram atingidos por uma grande tempestade quando estavam em alto mar e os discípulos amedrontaram-se e foram acordar Jesus lhe suplicando:  “Senhor, salva-nos, nós pereceremos.” E Jesus lhes perguntou: Por que esse medo, gente de pouca fé? Então levantou-se, Deu ordens aos Ventos e ao mar, e fez-se uma grande calmaria. Admirados diziam: Quem é este homem a quem até os ventos e o mar obedecem? (Mateus 8, 23-27).

Dessa forma Jesus lhes mostrava quem de fato era e confirmava cada vez mais que era de fato o Messias, o filho de Deus, Aquele que viria para salvar toda a humanidade, nem sempre seus apóstolos entendiam as suas palavras e certa vez quando Jesus disse a seus discípulos que precisava ir a Jerusalém e sofrer muito da parte dos anciãos, dos príncipes dos sacerdotes e dos escribas, seria morto e ressuscitaria ao terceiro dia, Pedro então começou a interpretá-lo e protestar nestes termos; “Que Deus não permita Isso, Senhor! Isso não te acontecerá.”, mas Jesus voltando-se para Ele disse-lhe: “Afasta-te Satanás! Tu és para mim um escândalo, teus pensamentos não são de Deus, mas dos homens!” (Mateus 16, 21-23) Pedro certamente ficou sem entender porque Jesus lhe havia sido tão rígido e áspero com suas palavras, Porem Jesus sabia que era preciso que Ele passasse por tudo isso, que era preciso morrer para cumprir a sua missão, que os planos de Deus eram maiores que tudo e que  seu futuro já estava escrito, Por isso Jesus zangou-se com o que Pedro disse, Pois já sabia qual era o Plano de Deus para a sua vida.

traição de judas

Jesus foi traído por 1 dos seus 12 apóstolos, seu nome: Judas Iscariotes, que o traiu por 30 moedas de prata, lhe dando um beijo na face para demonstrar aos soldados quem era o homem a ser preso, Jesus já havia previsto que Judas o trairia na última ceia, quando pediu que fizesse logo o que haveria de fazer, referindo-se a sua traição, Jesus foi encontrado no horto das Oliveiras enquanto orava a Deus e lhe suplicava que se fosse possível o livrar-lhe do cálice da morte, mas antes fosse feita a vontade de seu Pai, Jesus em momento algum relutou contra a sua prisão, até mesmo fez ali mais um milagre, quando um de seus apóstolos cortou a orelha de um soldado que veio prendê-lo, Jesus repreender seu apóstolo com essas palavras: “Quem com a espada feri, com a espada será ferido.” E pegando a orelha do soldado no chão, colou-a novamente e instantaneamente o soldado arrependeu-se e reconheceu que Jesus realmente era o Messias, o Salvador e filho de Deus.

3 cruzes

 

Jesus foi obrigado a carregar a sua cruz sendo açoitado por todo o caminho, ouvindo ultrajes, sendo cuspido no rosto, sendo escarnecido, foi humilhado perante todos, pediu água e recebeu vinagre, foi ferido no peito por uma lança, foi transpassado por pregos nas mãos e pés, foi crucificado e posto no meio de dois ladrões, onde um deles se converteu e pediu para Jesus lembrar-se dele quando estiver no paraíso e Jesus lhe disse: Em verdade vos digo, ainda hoje estarás comigo no Paraíso, em face da morte exclamou; Meu Deus, Meu Deus, por que me abandonastes? Disse também: Pai, em vossas mãos entrego o meu Espírito.

JESUS-RESSUSCITADO

Como já havia anunciado Jesus ressuscitou ao terceiro Dia, em dia de Páscoa, Domingo foi o dia de sua ressurreição e veio para junto de seus apóstolos para lhes garantir a vida eterna, provou a Tomé que havia ressuscitado perante os mortos, lhe permitindo que tocasse suas mãos onde havia sido ferido pelos pregos, Jesus permaneceu com os seus por alguns dias e depois subiu aos céus dizendo, dá mesma forma que me vês hoje subir, chegará o dia que me verão descer, Ide e evangelizar toda a criatura. Eu sou a ressurreição e a vida, quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.

Compartilhe: